serra catarinense

O que fazer na Serra Catarinense?

Não é à toa que pessoas do Brasil e do mundo todo vem visitar a Serra Catarinense. Afinal, nesta vasta região, existem praticamente todos os cenários possíveis. Sem contar as belíssimas paisagens que a natureza oferece.

Cenários como florestas, cachoeiras, rios e montanhas são comuns na Serra Catarinense. Mas afinal, o que podemos fazer na região?

Turismo rural

Sendo a grande atração da Serra Catarinense, o turismo rural é bastante comum. Com inúmeros hotéis fazenda e pousadas, fica difícil escolher apenas um lugar para ficar.

Nesses hotéis fazenda ou pousadas, são oferecidas atividades exclusivas da região. Visita a cachoeiras e rios, cavalgada e até a pesca.

Lugares que se destacam no turismo rural:

  • Serra do Rio do Rastro: Possuindo uma das estradas mais incríveis do mundo todo, a Serra do Rio do Rastro possui uma pista completamente iluminada e incrível topologia. O que atrai muito turistas de todos os lugares.
Serra do Rio do Rastro
  • Cânion das Laranjeiras: Outro lugar que vale a pena conferir a vista, é o Cânion das Laranjeiras. Lugar onde o acesso só acontece com acompanhamento de um guia de turismo, ao final da trilha, a vista é de tirar o fôlego.
Cânion das Laranjeiras
  • Cachoeira do Avencal: Localizada na cidade de Urubici, a Cachoeira do Avencal possui aproximadamente 100 metros de altura. Podendo ser vista por cima ou por baixo da cachoeira, a vista continua sendo incrível, sendo impossível descrever a beleza do lugar.

O inverno

Sem sombra de dúvidas, a Serra Catarinense é a região mais fria do Brasil. Afinal, durante os invernos existem cascatas que podem até congelar por conta do frio.

Uma dica para os turistas da Serra, é acordar bem cedo para ver o nascer do Sol no inverno. Isso porque a geada da noite deixa os campos completamente brancos, e, em alguns lugares, até congela as águas, deixando os cenários incríveis.

É bastante comum cair neve durante os invernos em cidades como São Joaquim e Urubici, por exemplo.

Atrações nas cidades

Não é só nos campos ou invernos que a Serra Catarinense se destaca para os turistas. Mas também as atrações existentes nas cidades.

A cidade de Lages, por exemplo, a qual é a maior da região, possui como principal atração a Festa Nacional do Pinhão.

Conhecida publicamente como Festa do Pinhão, a mesma é um dos maiores eventos culturais e gastronômicos do Sul do país. Reunindo cerca de 300 mil visitantes anualmente, na festa do pinhão são apresentados artes, artistas musicais, apresentações de danças, feiras, e muito mais. Vale a pena conhecer.

Mas afinal, quais cidades fazem parte da Serra Catarinense?

Ao total, são 19 cidades as quais compõem a Serra Catarinense. São elas:

  • Anita Garibaldi;
  • Bocaina do Sul;
  • Bom Jardim da Serra;
  • Bom Retiro;
  • Campo Belo do Sul;
  • Capão Alto;
  • Cerro Negro;
  • Correia Pinto;
  • Lages;
  • Otacílio Costa;
  • Painel;
  • Palmeira;
  • Ponte Alta;
  • Rio Rufino;
  • São José do Cerrito;
  • São Joaquim;
  • Urubici;
  • Urupema.

O que não falta para a região, são cidades pequenas e aconchegantes. E cada uma dessas cidades possui incríveis pontos turísticos, e suas belíssimas paisagens.

Gastronomia da Serra Catarinense

Com inúmeros pratos coloridos e saborosos, o pinhão marca a gastronomia da região, o qual é normalmente cozido ou assado no fogão a lenha. Vale a pena provar.

Mas é claro que existem variedades de pratos para fazer o pinhão, como a paçoca e o entreveiro, por exemplo.

Além do pinhão, pratos como carnes de porco, churrascos e feijão tropeiro são comuns nas casas dos serranos.

Em resumo

Hoje, vimos algumas das principais atividades que podem feitas na Serra Catarinense. Vista por mapas, pode não parecer a melhor região para se visitar, mas a verdade é que os locais da Serra são incomparáveis.

Vimos também as principais atrações da região, tanto urbanas quanto rurais, e isso tudo sem contar a gastronomia serrana, a qual é inconfundível.

Por hoje é isso. Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>